Biologia Molecular


Nos últimos anos, o avanço extraordinário na compreensão dos genes e o desenvolvimento de técnicas para o estudo do DNA trouxe para a rotina do laboratório de genética ferramentas que permitem o diagnóstico em nível molecular. O CTN dispõe de uma ampla variedade de testes, como a pesquisa de agentes infecciosos por PCR e Captura Híbrida, carga viral e genotipagem do HIV. Na linha das doenças genéticas, o permanente desenvolvimento de novos protocolos tem permitido a pesquisa de pequenas alterações na seqüência de DNA, como, por exemplo, na Fibrose Cística. Além disso, o domínio dessas técnicas permite que o CTN realize Exames de Investigação de Paternidade por DNA utilizando a mais moderna metodologia: a pesquisa de STRs através da técnica da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR). Entre as novidades estão também o teste de Sexagem Fetal, realizado através de uma amostra de sangue colhida da mãe (onde é possível analisar o DNA do feto e informar o sexo do bebê) e a identificação de diversos polimorfismos genéticos.